mundoPT > Página Anterior > Revista Rosacruz
 
Procura quartos nos Açores:

 


   
Revista Rosacruz
URL/ID: 1696
Visite este site:
http://homepage.oninet.pt/479mae/
Revista Rosacruz É o órgão oficial da Fraternidade Rosacruz de Portugal. Através das suas secções (Editorial, Filosofia, Astrologia, Saúde e Nutrição, Educação Infantil, Estudos Bíblicos, etc.) atende aos anseios intelectuais e ao sentimento religioso e desperta o entendimento dos mais profundos mistérios da origem e evolução do Homem.





Categorias Comunicacao Social > Revistas
Sociedade > Filosofia
Informacoes > Esoterismo
Classificação do Link
Média de Votação:
5.00 (em 5)
Número de votos: 2 Votos

Esta classificação afecta o resultado das pesquisas e posição do site nas listagens. Melhore-a colocando-a no seu site.
Palavras-chave/Tags rosacruz   rosacrucianismo   Cristianismo   Filosofia   Max   Heindel
Este Link Entrou em Nov 20, 2018
Nome de contacto Rosacrucianismo Max Heindel - enviar e-mail a Rosacrucianismo Max Heindel
Regresso ao Passado Este link funciona apenas para sites existentes ha vários anos. O serviço Wayback Machine arquiva versões de todos os sites deste 1996. Clique para rever as versões anteriores do “Revista Rosacruz”.
É responsável por este link? Já considerou efectuar um upgrade ao seu link?
Escrever um comentário   Adicionar aos Favoritos   Recomendar a um Amigo   Relatar Link Morto  


Média de classificação dos membros: 4.50 4.50 (de 5)
Total: 2 comentários

 

Comentado por Paulo Sousa (data: 25/02/09)
Assunto: Revista
Comentário: Excelente a vossa revista e profundos os artigos nela contidos.
Classificação:

 

Comentado por Paulo Graça de Sousa (data: 22/07/08)
Assunto: movimento rosacruciano Max Heindel
Comentário: É sempre com enorme expectativa que leio on-line os vossos artigos. Fôram, talvez ,os principais causadores da minha adesão aos cursos de filisofia rosacruz, todos eles,na sua maioria, cruciais para a compreenção de certos fenómenos socias da actualidade.Porém, confrange-me ver a separação entre os grupos principais desta linha rosacruciana. Se me incomoda a unicidade, isso não significa que não se pugue pela unidade, mesmo quando existem divergências agudas, o que é salutar, mas na ausência daquela o que pontifica é uma divisão entre irmãos separados.Sendo a orientação filosófica a mesma tanto na Fraternidade como no Centro, torna-se descabido um divórcio tão acentuado entre os dois. Em João lia-se:"que todos sejam um" era bom que o mesmo se tornásse efectivo entre dois iguais desavindos, apesar das indiossincrasias de ambos serem diferentes o que é sempre positivo e natural.
Classificação: